Never Surrender #3 - ''O modismo exagerado''

Postado por Rodrigo Feijão
Olá pessoal, mais duas semanas se passaram e eu como de costume estou com minha coluna quinzenal, a Never Surrender. Como todos devem saber, estamos atualmente na terceira edição da coluna, e hoje decidi trazer um tema meio que batido, mas que sempre causa uma grande discussão devido a sua polêmica. Pelo título auto-explicativo muitas pessoas já devem ter imaginado do que se trata. Mais para quem ainda não entendeu, eu posso explicar, estarei hoje comentando sobre o modismo exagerado dos fãs em relação a um espetáculo que tanto gostamos, o Wrestling.

Antes de começarmos, gostaria de agradecer pelos bons momentos que estou passando nesse retorno ao Pró-Wrestling Brasil, e devido a esse grande recepção eu estarei trazendo novidades em breve, que eu penso que será de agrado de todos. No mais, não vamos mais fugir do tema proposto nesse texto, então clique na continuação da postagem e acompanhe!

Rise, Above, Hate.

Eu creio que todos já tiveram algum tipo de discussão com outro amigo e fã de qualquer coisa, seja lá o que for, futebol, wrestling ou até mesmo o cinema. Mas nos últimos tempos na blogosfera e no mundo do wrestling em geral temos um certo ''modismo exagerado'', apesar de ser um tema clichê e mais relacionado a um problema ''geral'' do que o wrestling, isso atinge os fãs verdadeiros, que só querem o melhor para o esporte, mesmo que assistindo aos shows por forma inadequada, como por exemplo por downloads, ou até mesmo baixando algum tema de seu lutador favorito. Mais a proposta não é na verdade atingir os que praticam a pirataria (seria hipocrisia da minha parte afirmar que ajudo a WWE como exemplo, já que baixo os shows pela internet), então não vamos perder o foco. Antes de começarmos realmente a coluna, quero dizer que o tema foi inspirado em uma coluna de 2009, de autoria de ''Raposa'' membro de grandes blogs de luta livre. Então sem mais delongas, vamos lá!

Pode ter sido loucura da minha parte começar pelo tema John Cena, possivelmente muitas pessoas estarão irritadas comigo, me acusando de defesa ao lutador ou algo do tipo. Só quero que saibam que eu não sou um grande fã de John Cena, talvez eu até seja um dos seus maiores ''haters'', mais diferente de 80% dos fãs da WWE, eu realmente tenho o motivo para ''odiar'' John Cena. Eu poderia criar um artigo de mais de 50 linhas apontado o motivo pelo qual eu não gosto do lutador, mais apesar de ser desnecessário, eu não gosto de criar colunas individuais somente para um lutador. O que eu quero dizer, é que já estou farto das pessoas atingirem o lutador sem ao menos terem um motivo para isso, de fato, a ring-skill e a gimmick de John Cena não é das melhores, mas quando alguns fãs partem a achar que John Cena é o responsável pela era atual, isso para mim já se torna um conceito errado.

Primeiramente meu jovem, quem define a censura da empresa, é os diretores gerais e principalmente a TV onde shows são transmitidos. A USA Network é um dos canais mais prezados para a família nos Estados Unidos e nunca permitiriam que um show ''violento'' entrasse em sua programação. Eu sei, que John Cena é um dos maiores vendedores de camisa da empresa e um ''markteiro'' de outro mundo, mais será mesmo que a culpa é apenas dele? Você acha que Vince McMahon não adoraria botar pra f**** assim como fazia há 10 anos atrás? Isso são negócios, a WWE está pensando no seu próprio bem estar, garantindo um futuro público para seu produto, eles não adquiriram a censura porque eles gostam de chamar o ''Barney'' para cantar no RAW SuperShow, eles colocaram a censura porque era necessário. Eu entendo que uma vez ou outra é divertido assistir a um combate mais violento, eu gostaria que isso acontece, mas nem eu, nem você, nem todo mundo pode acabar com isso. E John Cena, apesar de ser um dos produtos da PG Era não é o culpado por isso. John Cena é simplesmente um lutador feito para o produto que a WWE oferece hoje em dia, ele é um perfeito ''cara do entretenimento'' e não passa disso, agora, xinga-lo por fora dos ringues, desmerecendo seu caráter e seu trabalho já é demais. John Cena precisa entreter o público e vender camisetas, e o que ele faz? Ele faz isso muito bem e merece  créditos por isso.


NO! NO! NO!
Vamos agora falar daqueles fãs, que quando um wrestler ganha um push ou está sendo idolatrado pelo WWE Universe se dizem serem os maiores fãs e que sabem de tudo da carreira do seu ''ídolo''; Podemos citar como primeiro exemplo, Daniel Bryan, há algum tempo atrás quando o mesmo fez seu debut no NXT, começaram a aparecer os ''especialistas em indys'' que faltaram crucificar a WWE e a Bryan, dizendo que ele ficaria limitado e que não sairia do mid-card. Eu entendo que existam realmente fãs que se dedicam ao circuito independente no Brasil, mas metade dos fãs, fingem que conhecem as indys e sobre determinado lutador para demonstrar algum tipo de ''superioridade'' que não existe. Em contra partida, temos aqueles que idolatram a WWE como se fosse o ápice da cultura americana, são os tipos de fãs, que mesmo se uma Wrestlemania for uma m****, ele estará falando que foi o melhor conteúdo que viu em toda sua vida e que a WWE estava conseguindo voltar para a sua era de maior qualidade. São aquelas pessoas que são alienadas pela cultura americana e críticam o seu país, sem ao menos mexerem um dedo para mudar o ambiente onde vive.

Poxa, assistimos o wrestling por que gostamos, porque somos fanáticos por isso, ninguém é superior a ninguém, todos possuem opiniões diferentes e cada um tem o conhecimento que lhe é fornecido. Não é errado não saber da história do wrestling, o errado é ser mente fechada e não permitir que outras empresas entrem na sua agenda. A WWE é a melhor empresa de entretenimento dos Estados Unidos e talvez de todo o mundo, mas nem sempre ela deixa de cometer erros, e vocês devem aponta-los e não encobri-los com. Você que não assiste TNA e fala mal dela, você já parou para assistir há algum show antes de compara-la com a extinta WCW? Não se pode negar que a empresa anda perdendo seus principais objetivos e que isso vem desde da retirada dos ringues dos seis lados, mesmo assim é uma empresa que cresce e surpreende a cada dia mais. E mesmo que você odeie Hulk Hogan e suas presepadas, senão fosse por ele talvez o wrestling não tivesse tantos fãs como hoje, já que Hogan foi um dos caras que mais divulgou o wrestling na décadas de 80. 

Blogs são uma fonte de informação, não de superioridade.

Vamos agora para o último tópico da coluna, os blogs nacionais. Muita gente que tem um tipo de contato e vira fã da WWE (não digo do wrestling, pois sempre o primeiro contato pra criação dos blogs vem da WWE, já que a facilidade de transmissão é maior), pelo menos alguma vez na vida pensa em criar um blog. Portanto, muitas dessas pessoas tem uma ideologia errada sobre a blogosfera, você deve criar um site/blog para compartilhar algo legal, notícias que você traduz para que o pessoal que não sabe inglês possa acompanhar, uma opinião pública e geral sobre os últimos shows ou eventos. Você não cria um site para ser conhecido, você não ganha mulheres e muito menos dinheiro com isso. Então, um comunicado a quem tem outra ideias sobre o conceito dos blogs, se você criou um blog com o intuito de ser famoso, de ter uma área onde renda somente visitas mais que tenha um conteúdo chulo e copiado de outros blogs, é melhor você não criar nada. Você deve criar algo novo, algo inovador e não ficar chorando parceria para um blog grande. Do que adianta ter um feed, um link ou uma imagem em um blog grande se o conteúdo do seu blog não vai chamar a atenção de ninguém?

Eu entendo sua admiração, entendo que você quer montar algo bacana, mas se você quer cria-lo para se favorecer ao em vez de favorecer os outros diversos fãs de wrestling, você está com conceitos errados. O legal da blogosfera é se divertir, criar artigos sobre o que você gosta, perder horas conversando sobre o assunto, não levem isso tão a sério, é apenas a internet. Agora, se você quer realmente informar as pessoas, tem um conteúdo legal, esse recado não é para você, agora para quem está lendo isso e que tem um blog onde tudo é plagiado e que apenas rende visitas suas e do seu primo que consequentemente é moderador do blog, esse recado é sim para você. Não estou revoltado, não quero passar um ar de que eu ou o PWB é superior a ninguém, só gostaria de dar dicas a quem está se envolvendo nisso, para que a blogosfera não decaia mais ainda como está hoje em dia. Quer ter um blog? Ótimo. Mas programe isso, faça seu blog ser parceiro de blogs como o Wrestlinformativo, PWB, dentre outros por você estar merecendo isso. É fácil demais divulgar seu site em sites/blogs grandes, mais será que não seria mais fácil você se dedicar para isso? As visitas, o conteúdo e as ideias não surgem de um dia pro outro. Lembre-se que sempre antes da conquista, vem o trabalho.
__________________________________________________________________________

Então é isso pessoal, sei que a coluna pode ser considerada mais como um desabafo de um fã de wrestling do que qualquer outra coisa, mais garanto que vai ser útil para muitas pessoas refletirem nas suas devidas ações e que possamos tornar o wrestling maior do que ele já é. No mais, deixem nos comentários sugestões, críticas, elogios, enfim, você é livre para fazer o que quiser, contanto que mantenha o bom senso e a educação. Nos vemos daqui 15 dias!

PS: Na última edição me pediram meu contato, portanto vou divulga-lo por aqui mesmo, então quem quiser falar comigo, basta me adicionar no MSN (rodrigofeijao_sp@live.com). E não esqueçam de adicionar a conta do Pró-Wrestling Brasil na Xbox Live (PWBRASIL) | Abraços!
Marcadores: ,